A cooperativa / Cooperativismo

O que e uma cooperativa?

Cooperativa é uma associação autônoma de pessoas que se unem, voluntariamente, para satisfazer aspirações e necessidades econômicas, sociais e culturais comuns, por meio de uma empresa de propriedade coletiva e democraticamente gerida.

Uma cooperativa pode adotar qualquer gênero de serviço, operação ou atividade, focando sempre o objetivo de eliminar intermediários, barateando custos e diminuindo preços através da racionalização e produção em grande escala.

O perfil de uma cooperativa estará de acordo com o de seus associados, pois estes se reúnem em torno de um ou mais objetivos específicos. Como exemplos, podemos citar:

- Cooperativa agropecuária: reúne produtores rurais; seus serviços podem ser a compra em comum de insumos, a venda em comum da produção dos cooperados, a prestação de assistência técnica, armazenagem, industrialização, entre outros.
- Cooperativa de consumo: reúne consumidores de bens de uso pessoal e doméstico (supermercado); seus serviços são a compra em comum destes bens.
- Cooperativa de trabalho: reúne trabalhadores; seus serviços consistem em conseguir clientes ou serviço para estes cooperados, fornecer capacitação e treinamento técnico, entre outros.
- Cooperativa de produção: reúne operários de uma fábrica; seus serviços consistem em coordenar o funcionamento da fábrica.
- Cooperativa de crédito: reúne a poupança das pessoas, oferecendo crédito e valorizando as aplicações financeiras dos cooperados. No Brasil, atualmente, elas são fechadas, ou seja, restritas a alguma categoria profissional (produtores rurais) ou trabalhadores de uma empresa.
- Cooperativa educacional: reúne pais de alunos; a cooperativa é mantenedora de uma escola, cujos alunos são filhos de cooperados.
- Cooperativa de serviços: reúne pessoas com necessidade de alguns serviços como eletrificação e telefonia rurais, saneamento básico etc.
- Cooperativa de saúde: reúne profissionais ou usuários de saúde. Nesse caso, juntamos num mesmo ramo cooperativas de trabalho (médicos, dentistas, psicólogos) e cooperativas de consumo (consumidores de plano de saúde).
- Cooperativa especial: é uma alternativa de organização para índios e pessoas com alguma deficiência física ou mental, que conservam sua capacidade produtiva.

SÍMBOLOS DO COOPERATIVISMO

Símbolod do Cooperativismo

- Pinheiros: antigamente o pinheiro era tido como um símbolo da imortalidade e da fecundidade, pela sua sobrevivência em terras menos férteis e pela facilidade na sua multiplicação. Os pinheiros unidos são mais resistentes e ressaltam a força e a capacidade de expansão.
- Círculo: representa a eternidade, pois não tem horizonte final, nem começo, nem fim.
- Verde: lembra as árvores - princípio vital da natureza e a necessidade de se manter o equilíbrio com o meio-ambiente.
- Amarelo: simboliza o sol, fonte permanente de energia e calor.
Assim nasceu o emblema do cooperativismo. um círculo envolvendo dois pinheiros, indicando união do movimento, a imortalidade de seus princípios, a fecundidade de seus ideais e a vitalidade de seus adeptos.

BANDEIRA DO COOPERATIVISMO

Bandeira do Cooperativismo

O cooperativismo possui uma bandeira de cor branca e tem o logotipo da ACI (Aliança Cooperativa Internacional) impresso no centro, do qual emergem pombas da paz, representando a unidade dos diversos membros da ACI. Possui ainda um arco-íris, representado em seis cores e a sigla ACI impressa na sétima  cor: o violeta.

Cada uma das cores presentes na bandeira tem um significado próprio:

Vermelho: coragem.
Alaranjado: visão de possibilidades do futuro.
Amarelo: desafio em casa, na família e na comunidade.
Verde: crescimento tanto do indivíduo como do cooperado.
Azul: horizonte distante, a necessidade de ajudar os menos afortunados, unindo-os uns aos outros.
Anil: necessidade de ajudar a si próprio e aos outros através da cooperação.
Violeta: beleza, calor humano e amizade.

vALORES DE COOPERATIVISMO

A Certrel baseia-se em valores de ajuda mútua e responsabilidade, democracia, igualdade, e solidariedade. Na tradição dos seus fundadores, os membros da Certrel acreditam nos valores éticos da honestidade, transparência, responsabilidade social e preocupação pelo seu semelhante.

DEVERES DO COOPERADO

- Adesão voluntária e livre
- Gestão democrática pelos membros
- Participação econômica dos membros
- Autonomia e Independência
- Educação, formação e informação
- Intercooperação
- Interesse pela comunidade
- Participar das Assembléias
- Operar com a Cooperativa
- Aumentar seu capital na cooperativa
- Aceitar decisão da maioria
- Votar nas eleições da cooperativa
- Cumprir seus compromissos com a Cooperativa
- Denunciar falhas
Manter-se informado a respeito da cooperativa
Acompanhar os eventos de educação cooperativista

DIREITOS DO COOPERADO

- Votar e ser votado
- Participar das operações da cooperativa
- Receber retorno proporcional às suas operações no final do exercício
- Convocar Assembléia caso seja necessário (conforme legislação)
- Solicitar esclarecimentos ao Conselho de Administração
- Opinar e defender as suas idéias
- Propor medidas de interesse da cooperativa
- Demitir-se da cooperativa e receber o seu capital, de acordo com o Estatuto